quarta-feira, 2 de março de 2011

DIFÍCIL NÃO SER TÍMIDO

As vezes pode ser necessário dizer, estou aqui, que faço para chamar sua atenção, você nem imagina o que lhe daria...

BEIJA-ME COMO SE EU FOSSE O CARA PRETERIDO

Beija-me como se eu fosse o cara preterido.
Acaricia-me deixa vir um pouco desse bocado,
para que possa sentir o sonho tão buscado,
e me sinta um homem livre dentro do teu ser.
Sem estar preso a nada imaginável tão igual,

Beija-me como seu fosse um cara tão intenso.
Afaga-me deixa brotar este sentimento
e sentir que não há nada de provimento
assim roubar um beijo do mais puro consentimento.
Se a timidez bloqueia e você me pega de jeito,
tão abrasador que o coração sorrir.
Tudo está certo,

a carícia que fizer é de bom tamanho...
De qualquer lado me pega é só acerto, ânimo.
Vejo que só o pensar me eleva ao apego,
vou a mil pelos trilhos da imaginação.
A vida se torna clara sem confusão,
um dois três, me beija,
é só isso pura beleza
tanta certeza, de alegria para viver
e que isto possa valer.
E se isto pegar de jeito.
Tão abrasador...
Vem de qualquer maneira a convir
Não pede licença e vem sem medir

Nenhum comentário:

Postar um comentário